Pesquisa personalizada

16 de março de 2008

QUE FAZES AÍ LISBOA

Está um rapaz dos seus 25, 30 anos a tomar café quando aparece um daqueles alfacinhas de gema, cinquentão (pelo menos) de barriga protuberante e voz de bagaço, que gosta de falar alto para mostrar a toda a gente que chegou e acha que tem muita graça quando faz perguntas do género "então também bebes cafés?". Será vizinho ou conhecido do rapaz e o modo como o cumprimenta — com a tal voz de bagaço a falar alto que se ouve em todo o lado no café que não é pequeno — dá a entender que têm um certo grau de familiaridade, e continua com as suas perguntas do género "estás contente por ter nascido?". Como quem sente que só recorrendo a chavões gastos e pretensamente bem-humorados consegue afastar o cinzento do rame-rame quotidiano sem perceber que está a ser um chato. 

4 comentários:

Mr. Steed disse...

pelo menos não pede autógrafos...

João Lisboa disse...

"QUE FAZES AÍ LISBOA?"

Are you talkin' to me? Are you talkin' to me?!!!...

Jorge Mourinha disse...

Não estou a falar contigo, mas por acaso era fixe se me telefonasses, que essa cena de o telefone estar avariado não dá jeito nenhum.

João Lisboa disse...

Opá, sabes para onde podes ligar se quiseres... mas "ligaremos-te", sossega essa alma.