Pesquisa personalizada

5 de junho de 2007

NAPA VALLEY

É um dos passeios preferidos dos habitantes de São Francisco: atravessar a Baía e passar o dia a visitar as vinhas de Napa Valley, a 90 km aproximadamente, onde praticamente todos os produtores locais oferecem visitas e provas das colheitas locais (oferecem, é como quem diz: a maior parte cobra pelas provas valores que vão dos cinco aos vinte dólares por pessoa) e disponibilizam lojas onde se pode comprar todo o tipo de memorabilia, de ursinhos de peluche a flautas e copos de pé, passando por livros de culinária, camisolas monogramadas e colheitas exclusivas ou de produção limitada. Tudo isso, no entanto, empalidece face à beleza da paisagem, aos verdes e dourados e castanhos que se estendem por quilómetros e quilómetros, às longas fileiras de vinhas entrecortadas por mansões de estilos vagamente coloniais ou europeus. Ao longo da estadual 29, sucedem-se as saídas (devidamente marcadas) para dezenas e dezenas de quintas cujos parques de estacionamento fervilham com carros que entram e saem depois das visitas guiadas ou das provas, guiados por visitantes que tanto podem ser uma família suburbana local ou um casal de franceses empertigados que conversam entre si.

1 comentário:

João Lisboa disse...

É a região do "Sideways", não é?