Pesquisa personalizada

14 de maio de 2007

ORA NEM MAIS

A história de Portugal é, de facto, singular. Os portugueses foram para todo o lado, mas nunca saíram, levaram a casinha com eles. (...) Veja um acontecimento como o das qualificações académicas do primeiro-ministro, sem dimensão, sem interesse, nem dentro nem fora de fronteiras, mas que pode ocupar o país um mês inteiro. Isto numa altura em que se estão a passar no mundo coisas que interessam aos destinos da humanidade. (...) O que nos interessa mesmo é o que se passa cá em casa. Mais uma vez, o Eça ilustrou isto: "O que nos interessa é o pé da Luisinha".

— Eduardo Lourenço a Luís Miguel Queirós, na Pública de ontem

2 comentários:

menina-alice disse...

O pé da Luisinha é tão Eça! Agora empertigaste-me as saudades com que ando dele. E imagina-se logo um pézinho todo perfeitinho. :D

João Lisboa disse...

Mas há alguma dúvida que "os pés das Luisinhas" sempre foram mil vezes mais importantes - em todo o lado - do que "os destinos da humanidade"?