Pesquisa personalizada

1 de julho de 2004

TANGUÉDIA

Em conversa virtual com um amigo, ontem, discutíamos paixões desencontradas. Depois, à noite, vendo Rodrigo Leão apresentar perante uma audiência convidada o seu novo e belo disco "Cinema", numa das duas únicas passagens por reportório anterior, descobri em "Pasión" uma resposta possível às nossas dúvidas, em tom de falso tango onde, por trás da fachada canalha, se esconde o desesperado pragmatismo da solidão.

no
me olvides que yo me muero
amor
mi vida sufrimiento
yo
te quiero en mi camino
por vos
cambiava mi destino

ay
abrazame esta noche
y aunque no tengas ganas
prefiero que me mientas
tristes breves nuestras vidas
acercate a mi
abrazame a ti por Dios
entregate a mis brazos

tengo
un corazón penando
yo se
que vos lo estas escuchando
con
mil lagrimas te quiero
pasión
son mi amor sincero

ay
abrazame esta noche
aunque no tengas ganas
prefiero que me mientas
tristes breves nuestras vidas
acercate a mi
abrazame a ti por Dios
entregate a mis brazos.


- Rodrigo Leão com Rui Reininho, "Pasión" (in "Pasión", Columbia, 2001)

1 comentário:

Ana Sousa disse...

Olá! Andava à procura da letra desta música e aterrei neste blog. Um original de Llasa, certo? Muito bom...=)
***