Pesquisa personalizada

14 de maio de 2008

BIPOLAR, COMO OS INTERRUPTORES

Há dias assim, em que não conseguimos adormecer porque cá-dentro-inquietação-inquietação, e depois quando acordamos recuperados ficamos sempre à espera que caia a bigorna, como nos desenhos animados, e depois o capacete começa a levantar apesar do tempo estar feio, e há um gato felpudo que dorme todo sossegado no sofá como se não fosse nada com ele, e uma pessoa fica bem disposta. 

9 comentários:

alicinha disse...

Gosto tanto deste post!

O teu gato não é felpudo, é macio.

Mr. Steed disse...

não é nada, é felpudo!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
alicinha disse...

Macio! Para ser felpudo, tinha de ter o pêlo mais comprido.

João Lisboa disse...

"Macio! Para ser felpudo, tinha de ter o pêlo mais comprido"

Lá está... tens um problema com a terminologia capilar.

Mr. Steed disse...

eu n faço ideia, só estava a provocar uma discussão :)

alicinha disse...

"só estava a provocar uma discussão"

E fizesteS bem. É importante repor a verdade.

Pode ser felpudo e macio e pode ser macio sem ser felpudo e o Diogo está na hipótese 2, obviamente.

Mr. Steed disse...

e imagino que aqueles dois comentários apagados pelo autor fossem de energúmeleos a afirmar que o Diogo não é nem macio nem felpudo.

o topete dos fulanos!