Pesquisa personalizada

10 de junho de 2007

POST FELINO SEMANAL



O Farrell já não é um gatinho. Tem dois anos de idade e foi recolhido pelo David no jardim nas traseiras do apartamento, onde tinha sido abandonado pelos donos e onde viveu durante três meses a comer o que aparecia e o que algum residente mais benfazejo lhe ia deixando. Como qualquer gato que se preze, o Farrell passa o dia a dormir, interrompendo as sonecas para se passear pela casa, realizar as suas abluções e se alimentar nas tigelas que o David lhe deixa na cozinha: uma para água, uma para comida seca e uma para comida húmida. A comida húmida é o jantar: se, entre as sete e as oito, a comida do dia não é posta na sua tigela, ele começa a miar até ser servido. Mas, talvez por ter sido abandonado, o Farrell não se dá tanto ao mimo como o Diogo. Faz-se às festinhas, sobe para a mesa ou para a cama ou para a cadeira e pede festas miando ou roçando-se, dando saltinhos para sentir as mãos do dono, sempre que se entra em casa ele vem à porta receber miando. Mas raramente ou quase nunca deixa que lhe peguem ao colo, esquiva-se aos beijinhos, e porta-se geralmente de maneira muito circunspecta.

4 comentários:

Aldina Duarte disse...

Pudera!

Até sempre

bicho_de_conta disse...

:-(

menina-alice disse...

Beijinhos?! Ao gato?... Olha que tu prepara-te porque eu não ando aos meles com o Diogo e ele não se queixa. E aviso já que ele me mordeu o nariz ontem à tarde e depois de eu o ter deixado dormir uma valente soneca deitado nas minhas costas.

Alexandre disse...

tens que arranjar uma destas: http://www.mr-lee-catcam.de/index.htm