Pesquisa personalizada

18 de janeiro de 2007

DEPOIS DISTO, COMPLETAMENTE SIM

Tinha hoje na minha caixa de correio um panfleto da plataforma contra o aborto "Portugal pela Vida", da qual transcrevo as seguintes informações:

"Sabia que...

- Às 10 semanas de gravidez, o bebé tem praticamente todos os órgãos formados e a funcionar com excepção dos pulmões?

- Nunca nenhuma mulher foi presa por crime de aborto em Portugal?

- A mulher corre o risco de vir a sofrer, após um aborto e até ao fim da vida, diversas sequelas de saúde nomeadamente depressões e outras doenças do foro psiquiátrico?

- Enquanto o Governo fecha maternidades, está disposto a financiar clínicas espanholas especializadas no aborto?

- Em todos os países onde foi liberalizado o aborto tem vindo a crescer? E esse crescimento não tem lugar apenas nos primeiros anos (por transferência de parte do aborto clandestino) mas é constante ao longo dos anos?

- Os casais que recorrem ao aborto correm um risco acrescido de ver terminada a relação que os une?

- Os defensores do Não, desde o último referendo, fundaram dezenas de associações de apoio às famílias, às mulheres e às crianças em situação fragilizada ou de risco para que a Vida seja possível e tenha lugar?

- Você também já teve 10 semanas e que foi o facto de não ter sido abortado que lhe permite estar a ler este folheto?"


A qualidade do panfleto fala por si. As conclusões ficam a cargo de quem as quiser tirar.

2 comentários:

Menphis_child disse...

Demonstra a qualidade e a educação de quem escreveu isto e de quem os apoia.

A igreja apela aos católicos, mas quem não é religioso numa sociedade laica, como a portuguesa, tem de ser livre .

dolphin.s disse...

é bom saber que os casais votam contra o aborto porque só estão juntos porque nunca abortaram.....

e eu já tive 10 semanas :'O

tanta inteligência de argumentos ofusca a minha mente obscura.