Pesquisa personalizada

29 de janeiro de 2007

DEPOIS DISTO, AINDA MAIS DEFINITIVAMENTE SIM

"Descubra o que pode acontecer em Portugal no ano em que se comemoram os 90 anos das Aparições de Nossa Senhora em Fátima", reza a capa do folheto que estava hoje na minha caixa do correio, com uma foto de uma estátua de Nossa Senhora com uma aparência piedosa.

Lá dentro, diz-se que "No ano em que se comemora o 90º Aniversário das Aparições de Fátima, Nossa Senhora chora... e Ela chora por milhares de inocentes que podem perder a vida antes mesmo de dar o primeiro gemido.

No dia 11 de Fevereiro realizar-se-á um referendo nacional pela liberalização do aborto. Nesse dia, é indispensável ir às urnas e responder NÂO à pergunta do referendo: (...) Ou seja, dizer que não concorda com o assassinato brutal de inocentes ainda no ventre materno!

Esta é a resposta que a Santíssima Virgem espera de si.

Abster-se não pode ser uma opção. Diante de uma questão tão importante como esta, que trará graves consequências para o nosso País, não votar é o mesmo que dizer sim ao aborto.

E dizer sim é permitir que se matem inocentes, indefesos e pequeninos, que aguardam apenas o momento de vir ao mundo.

11 de Fevereiro é a Festa de Nossa Senhora de Lourdes! Aquela que, desde o primeiro instante da sua concepção, foi Imaculada e abriu uma fonte de vida para nos salvar. No dia 11 de Fevereiro votemos pela vida dizendo NÂO ao aborto.

Mas além do seu voto, Portugal precisa também das suas orações.

Precisamos de rezar o terço e pedir a Nossa Senhora que interceda por nós e afaste do nosso País este brutal e cobarde atentado contra a vida.

Por isso, a Acção Família está a realizar uma campanha de divulgação massiva do Terço da Vida, em comemoração do 90º aniversário das Aparições de Fátima, como grande súplica nacional para dar a vitória a Nossa Senhora e a Portugal, no dia 11 de Fevereiro.

Peça hoje mesmo o seu estojo do Terço da Vida. E receberá em sua casa o terço e o livro "O Rosário da Vida", com meditações para rezar o terço em desagravo ao referendo, que por si só já constitui uma ofensa a Deus.

Para receber em sua casa o seu estojo, siga as instruções que constam da Ficha de Participação na Campanha pela Vida."


Na "ficha de participação" destacável do folheto lê-se, à frente de três caixinhas que deverão ser marcadas com uma cruz:

"Sou Católico, e no dia 11 de Fevereiro não fugirei às minhas obrigações e vou participar do referendo nacional dizendo NÂO ao Aborto.

Comprometo-me a rezar o Terço da Vida, pelo menos uma vez antes do referendo, e assim participar dessa grande súplica nacional a Nossa Senhora de Fátima.

Gostaria de receber o livro ilustrado "O Rosário da Vida" (48 páginas), acompanhado do Terço. Como forma de colaborar com esta iniciativa pela Vida, gostaria de ajudar com:"
(as opções aqui são 10 euros, 15 euros, ou uma quantia à escolha do leitor)

Depois de ter lido isto, não sei o que me choca mais: se as sugestões de ingerência na legislação de um estado de Direito que o texto faz a espaços, se o apelo apaixonado à fé para lançar um julgamento moral sobre pessoas que nunca tomam uma decisão destas de modo inconsciente, se o mercantilismo sonso de um aproveitamento encapotado da questão moral para fazer venda directa.

E fica uma reflexão: é o segundo panfleto a favor do não que me metem na caixa do correio; cadê os panfletos a favor do sim?

1 comentário:

Menphis_child disse...

E que tal divulgar a morada ?é que gostaria de lhes escrever uma cartinha para perguntar se lhe comprar os livros, e votar sim estou perdoado? por acaso, dá-me uma grande vontade de escrever para eles.