Pesquisa personalizada

9 de novembro de 2006

ONOMATOPEIAS DO RONRONAR

A menina Alice diz que a gata dela quando ronrona soa a uma vitrine frigorífica do talho. Eu digo que a minha soa a um diesel em ponto morto. Alguém tem outras sugestões?

4 comentários:

dolphin.s disse...

Cadelas vale?

a minha quando se está a queixar, meio mimo, meio zangada, parece as aceleras da telepizza :/

António Pires disse...

A minha Mia Jr. (aka Xisca Larisca, Emília, Micas, Farrusca, Macaca, etc...) está agora a aprender a ronronar e ainda não tem uma linha melódica/rítmica/harmónica definida. Umas vezes parece um conjunto de tablas e didgeridoo em drone interminável; outras um cantor de Tuva à procura do assobio interno; outras uma antiga torradeira Indesit avariada... Há-de chegar lá...

aldina disse...

O meu ex-gato ( se é que alguma vez a um gato se aplicará tal prefixo?) ronrona como uma panela de água a ferver em lume brando, quer pelo som quer pelo quentinho do vapor!

Até sempre!

menina-alice disse...

Pois até acrescento que ela nem sabe miar ainda. Limita-se a mandar uns gritos meio abafados a reclamar mimos. :)